Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário do Bebé (e da Mamã)

Diário do Bebé (e da Mamã)

Alimentação na gravidez - Parte 2

Na gravidez poderemos eventualmente ter mais apetite, desejos e uma gula intensa por determinados alimentos, por aqui não senti nenhuma dessas manifestações, nada de apetites nem desejos estranhos, tudo normal.

Lá porque temos um bebé a crescer dentro de nós não significa que devemos comer por 2, como antigamente se falava, nem mesmo por 1 e meio, eu realmente acho que continuo a comer igual, tenho até melhorado a minha alimentação de forma mais saudável.

Depois de todas as coisas que devemos evitar ou que são mesmo proibidas como já referi noutro post, o importante é ter sempre uma alimentação saudável, variada e acompanhar todas as refeições de uma sopa.

Na realidade eu nos primeiros meses de gravidez, talvez tenha abusado um pouco e estava quase a comer por 2, mas quando fui chamada à atenção pela enfermeira do centro de saúde, que me fez abrir os olhos e pensar duas vezes se queria engordar assim tanto, me levou a repensar seriamente a minha alimentação, comendo também de forma mais saudável.

É importante fazermos pelo menos 5 refeições por dia, o mais adequado será 7, de forma a não estarmos muitas horas sem comer, mas comer pouco de cada vez, preferir fruta e snacks mais saudáveis ao invés de snacks açucarados ou cheios de calorias, todas as refeições iniciadas por um pequeno prato de sopa (achei muito relevante na forma como consegui manter o peso já vai em 10 semanas), uma refeição de carne ou peixe, sempre acompanhada de legumes, reduzindo um pouco o arroz e massa, mas sem cortar na totalidade. No final uma peça de fruta ou eventualmente uma sobremesa bem leve (gelatina por exemplo).

Bem tenho seguido uma alimentação algo desse género, variando sempre o mais possível, antes de estar grávida tentava fazer uma alimentação saudável mas não tinha tanta atenção, nem nunca me apercebi o quão era importante a sopa antes das refeições, agora vejo as coisas de maneira diferente e tenho a certeza que continuarei a ter uma alimentação mais saudável, mesmo depois da bebé nascer.

Faço também a comida o mais caseira possível e já não me lembro comprar comida processada ou mesmo ir almoçar ou jantar a um restaurante, assim sei sempre o que como e consigo uma alimentação mais saudável a um custo mais baixo também.

E vocês, alguns cuidados especiais com a alimentação durante a gravidez?